Redação: 5 Passos para Fazer uma Excelente em Concursos Públicos

5 Passos para Fazer uma Redação para Concurso Público

Quando fiz meu primeiro concurso público que cobrava uma redação, não sabia o que enfrentaria. Eu era novato no mundo dos concursos, ainda não tinha as manhas de um concurseiro. Era uma prova organizada pelo CESPE para o MPU. Nossa, quando vi o tema, pensei: “me dei mal!”. Aí descobri que eu tinha que ter uma estratégia para as próximas provas, ou então eu iria me dar mal sempre.

Isso já ocorreu a você? Então, jovem, esse artigo é para você!

É mito achar que todo professor de Português naturalmente sabe escrever bem uma redação, um texto. Também é mito achar que escrever bem é um dom. Para escrever bem, é necessário um conjunto de ações, articuladas e internalizadas. É sobre isso que vamos falar em 5 Passos!

Você sabe fazer uma redação
Photo by Pixabay from Pexels

Primeiro Passo: Conhecer a banca organizadora do certame

Realmente conhecer a banca organizadora do concurso faz muita diferença. Dessa forma, você conhecerá a linha de raciocínio da banca, a estrutura da prova e sua linha de trabalho. Uma boa atitude é baixar provas organizadas pela banca que tenham redação discursiva.

Com as provas na mão, leia-as com atenção, anote todos os pontos em comum. Reconheça as características da banca: tipologia textual, critérios de correção, estrutura da prova, temas mais cobrados, se a prova traz subtópicos ou não, se tem textos de apoio ou não, se traz apenas o tema, se cobra título ou não, qual o número mínimo e máximo de linhas.

Tudo isso permitirá que você realize uma preparação muito mais precisa, e o resultado será muito preciso e positivo.

Segundo Passo: Dominar a tipologia textual cobrada na prova de redação

Não é incomum acontecerem desclassificações por causa disso. Não dominar a tipologia textual exigida pela banca é um erro fatal. De modo geral, a modalidade textual solicitada em provas de redação de concursos públicos é a dissertação argumentativa. Mas, o que fazer para dominar esse gênero textual? Continue a leitura atentamente. Você vai entender melhor.

Primeiramente, vale a pena pesquisar o conceito e as características que uma redação dissertativa possui, como estrutura, o que se pede, como é feita uma introdução, como são os parágrafos de desenvolvimento e quais os tipos de conclusões mais adequados a essa modalidade de texto.

Em segundo lugar, convém conhecer e dominar a linguagem da redação dissertativa. Geralmente se pede uma escrita de acordo com a norma padrão culta da Língua Portuguesa. Além disso, escreve-se em 3ª pessoa do discurso (ou gramatical), isto é, usam-se verbos e pronomes em 3º pessoa ou verbos ligados ao pronome se, como em “sabe-se”, “entende-se”, analisou-se”, “confirmaram” etc.

Por fim, você tem que treinar a produção textual. Com o acompanhamento de um corretor especialista, você poderá desenvolver as habilidades necessárias para vencer essa prova de redação mais rapidamente.

Terceiro Passo: o treino

Apesar de a teoria da redação ser necessária, ninguém aprende redação somente com teoria. É necessário trabalhar, por a mão na massa, treinar, escrever todos os dias. Agora, você poderia me perguntar: “Mas, Adeildo, como eu faço isso? Estou muito travado e cheio de medos.” Eu sei que essa é uma realidade mais comum do que muitos imaginam. Por isso, eu sempre sugiro que, se você puder, planeje-se e faça um curso de redação com um bom professor especialista no assunto. Um curso de preferência que permita a você ter encontros de mentoria com o professor para discutirem técnicas de produção textual e formas de destravar a produção.

Nesse momento, acompanhamento de qualidade é tudo! Você precisará de uma orientação para, depois, caminhar sozinho e confiante. Entende?!

Quarto Passo: crie um plano de ação estratégico

Planejar. Essa é uma condição para vencer em menos tempo e com mais qualidade. O planejamento estratégico ajuda a otimizar seu tempo de aprendizagem e estudos, pois permite que você se reconheça, perceba seus pontos fortes e fracos, as ameaças e oportunidades para atrapalhar ou desenvolver uma boa preparação, respectivamente.

Diante disso, você pode utilizar planilhas que ajudam a se organizar, como a Análise S.W.O.T., a Folha 5W2H, criar Planners para organizar e acompanhar a evolução de seus estudos. Tudo isso, com a ajuda de um professor-mentor, pode ser desenvolvido por você para atingir níveis de excelência na produção de sua redação. (Para conhecer melhor essas ferramentas, clique nos links abaixo).

Análise SWOT / Folha 5W2H / Planner

Além do mais, o planejamento ajuda a reconhecer e vencer as suas crenças limitantes e fortalecer as crenças positivas, que ajudam significativamente na obtenção do sucesso e da aprovação tão desejada.

Quinto Passo: não tenha medo de errar

Se você acha que é só você que tem dificuldades em produzir uma redação ou que a sua dificuldade é maior do que a dos outros, mude logo seu pensamento. Não é a toa que a redação possui um peso maior para quem se aventura a fazer provas de concursos em que a famigerada redação aparece.

Porém, não tenha medo de erra. O erro faz parte do processo de aprendizagem, afinal quem não erra? Agora, o que você precisará refletir é: “o que farei com meu erro?”. Isso sim é um pensamento poderoso que vale a pena cultivar.

Na tentativa de acertar, é comum errar. Encare essas situações como degraus na escadaria da redação nota máxima! Ao reconhecer que algo não foi bem, analise a situação. Investigue as causas do erro, tente focar nas causas, não no erro! Ao eliminar as causas, você garante uma revolução na sua prática. É nesse momento que a ajuda de uma mentoria faz toda a diferença, porque o professor-mentor vai ajudar a você, pelos processos de correção, a se superar. Entende?!

Por tudo isso, é fundamental que você compreenda que escrever uma boa redação é resultado de muita prática, muito treino e muita leitura. Inclusive, fique ligado, fique ligada, porque em breve postarei um artigo falando sobre Técnicas de Leitura para Otimizar os Estudos.

Um fraterno abraço!

Adeildo Júnior

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *